In Dionisio Cerqueira, the activities of communication helps to strenght the movement of the workers without land. / Em Dionisio Cerqueira as atividades de comunicacao reforcam o MST / A Dionisio Cerqueira, les activités de communication renforcent le mouvement des travailleurs sans terre / En Dionisio Cerqueira, las actividades de comunicación refuerzan el movimiento de los trabajadores sin tierra

2005

Description / Descripción

en

Text not available in English, you can read it in other languages.

es

Texto no disponible en español, ud. puede leerlo en otros idiomas.

Abstract / Résumé / Resumen

en

Text not available in English, you can read it in other languages.

pt

Durante os dias 7 a 10 de dezembro de 1993, realizou-se em Dionisio Cerqueira, no assentamento Conquista da Fronteira, uma atividade de formacao e documentacao com o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra- o MST. Essa atividade foi apoiada pela Associacao Brasileira de Video Popular - a ABVP e por Dialogo-Cultura e Comunicacao.

Dionisio Cerqueira e uma cidade localizada a 12 horas de viagem da capital de Santa Catarina (900 km de Florianopolis), na divisa com a Argentina e com o Estado do Parana. A atividade de formacao e documentacao da ABVP foi programada como parte de um evento maior do MST-SC : o Encontro Estadual do MST. Cerca de 200 pessoas de todas as regioes do estado participaram do evento que incluiu atividades de formacao, cultura, avaliacao, planejamento e eleicao da nova direcao do MST de Santa Catarina.

oficina de video do MST faz parte de uma proposta que leva em consideracao as carateristicas especificas desse movimento social, tentando respeitar e se integrar a dinamica e metodologia do movimento, sem descaracterizar o trabalho da ABVP. O MST esta produzindo um video institucional com apoio do Dialogo e financiamento para edicao da CROCEVIA. Esta oficina de video levou isto em consideracao e foi integrada por um grupo de liderancas do MST que ja esta discutindo e participando da producao deste video . Todas as discussoes teoricas e tecnicas se deram baseadas no elemento concreto que e realizacao do video do MST e a execucao pratica do mesmo. Tanto nas discussoes formais como informais, durante o Encontro estadual, participaram liderancas da direcao e do setor de comunicacao do MST, e tambem pessoas do grupo de teatro do Assentamento Conquista da Fronteira.

Nos primeiros dias a oficina foi prejudicada pela chuva torrencial no assentamento e a falta de infra-estrutura para abrigar tantas pessoas em lugares fechados e cobertos. Aproveitamos estes primeiros dias para discutir a parte teorica e a proposta tecnica do video do MST. Num segundo momento, quando a chuva parou, aconteceram algumas gravacoes que serao utilizadas na producao do video do MST. A producao e acompanhamento das gravacoes foi realizada por uma equipe de trabalhadores rurais do MST. Na avaliacao final do evento decidiu-se programar uma nova etapa da documentacao e da oficina, onde o grupo de teatro do Assentamento Conquista da Fronteira preparara uma encenacao da peca sobre a luta da terra em Santa Catarina especialmente para ser gravada em video, como fio condutor do roteiro do video institucional do MST-SC. Este video tem como tema principal a historia do MST em Santa Catarina e esta sendo realizado com uma metodologia de producao participativa- onde os trabalhadores rurais e as liderancas do MST tem uma participacao ativa em todo o processo.

es

Texto no disponible en español, ud. puede leerlo en otros idiomas.

Text / Texte / Texto

pt

A integracao de todos estes eventos-o Encontro estadual do MST, a oficina de formacao em vídeo e o video intitucional do MST- tem como objetivo potencializar os recursos e ao mesmo tempo, integrar a dinamica dos trabalhos realizados (oficina e vídeo)a dinamica da luta e do movimento pela conquista da reforma agraria no Brasil. Este movimento social (o MST), como muitos outros, tem uma linguagem, uma mistica e uma organizacao peculiar. Os assessores da ONG Dialogo- Cultura e Comunicacao tentam trabalhar com esse movimento, respeitando a sua dinamica e metodologia de formacao e trabalho. Isto nao significa que a metodologia e as opinioes dos assessores de DIALOGO nao sejam expressas e levadas em consideracao. E uma estrada de duas maos, um verdadeiro dialogo onde todos tem direito a opiniao tentando chegar a uma metodologia comum.

Authors / Auteurs / Autores

VIEIRA DE SOUZAMarcioDialogo Cultura e ComunicacaoRua José Pedro Gil 31, 88025 Agronomica. FLORIANOPOLIS (SC). BRASIL. Fax/Fone (19)55 48 228 88 95. E-mail dialogo@ibm.ufsc.br 
    Réf_documentaires: VIEIRA DE SOUZA, Marcio, DIALOGO CULTURA E COMUNICACAO, 1994/04/25 (BRASIL)
    Origine_information: OUTRO
    Notes: Esta nova etapa do curso de video sera realizada na primeira quinzena de fevereiro de 1994 novamente em Dionisio Cerqueira. Sera feita outra ficha Dph sobre esta etapa do trabalho.